Exames



HOLTER

O Holter é um monitor portátil que registra a atividade elétrica do coração e suas variações durante as 24 horas do dia, ou mais, e pode, assim, detectar alterações que em geral não aparecem num exame de tempo mais limitado, como num eletrocardiograma simples, por exemplo. Na verdade, o Holter é um eletrocardiograma gravado para ser lido posteriormente.


Indicações:
Os registros eletrocardiográficos contínuos fornecidos pelo Holter permitem informações sobre ocorrências eventuais e momentâneas do coração e são utilizadas pelos médicos e técnicos para selecionar as áreas de interesse para análise do traçado eletrocardiográfico. O Holter é muito utilizado para diagnosticar alterações nos batimentos cardíacos, nos desmaios eventuais, que muitas vezes não ocorrem durante uma consulta médica. Assim, ele está indicado para pacientes com arritmias cardíacas, palpitações ou perda de consciência.

Utiliza-se também o Holter para monitorar o coração depois de um infarto do miocárdio ou de uma cirurgia cardíaca. Os portadores de marca-passo e de desfibriladores têm esses aparelhos ajustados e programados a partir de informações do Holter. O procedimento não comporta riscos e não tem qualquer contraindicação.

Instruções para a realização do exame:

  • Durante o sono não deitar de bruços (de barriga para baixo);
  • Preencher corretamente seu diário;
  • Manter suas atividades habituais durante o exame;
  • Não é permitido tomar banho durante o período do exame;
  • Não ficar próximo ao microondas, porta de banco, ou colchão magnético, pois pode descarregar o aparelho.


  • Orientações para o preenchimento do diário de atividades

    • Anotar nomes, doses e horário das medicações utilizadas durante o exame;
    • Horário das refeições, incluindo o consumo de álcool, café e cigarros;
    • Horários em trânsito e meios de locomoção;
    • Ocorrências e horários de eventos estressantes;
    • Presença de sintomas, preferencialmente com horários de início e término e medida tomara para sua resolução;
    • Horário em que dormiu e acordou, inclusive durante o dia e qualidade do sono, identificando-o como bom, regular ou ruim conforme sua percepção.